SpamServ/pt

From OnlineGamesNetWiki
Jump to: navigation, search

Vista Geral


O SpamServ é um SRVX com módulo anti-Spam, cujo objectivo é proteger canais de serem atacados por flood de texto, de joins, de anúncios e de outros tipos de Spam.

Desde Agosto de 2010, o SpamServ na OnlineGamesNet foi actualizado para uma nova versão que envolve novas configurações e rotinas mais detalhadas na sua luta contra o Spam.
Estas novas configurações permitem aos proprietários/administradores dos canais de especificar acções e texto não permitidos. Estas serão explicadas nesta mesma página.


Comandos do SpamServ


  • REGISTER Regista um novo canal com o SpamServ (disponível só para a Equipa da Rede).
  • UNREGISTER Remove o SpamServ de um canal registado (disponível só a proprietários de canais e membros da Equipa da Rede).
  • MOVE Move o SpamServ para um canal diferente (disponível só para a Equipa da Rede).


  • SET Altera várias opções do canal.
  • STATS Mostra o número de utilizadores punidos pelo SpamServ.
  • ADDBADWORD Adiciona uma palavra imprópria à lista de palavras impróprias do canal.
  • DELBADWORD Apaga uma palavra imprópria da lista de palavras impróprias do canal.
  • LISTBADWORD Mostra todas as entradas na lista de palavras impróprias do canal.
  • ADDEXCEPTION Adiciona uma excepção à lista de excepções de palavras impróprias.
  • DELEXCEPTION Apaga uma excepção da lista de excepções de palavras impróprias.
  • LISTEXCEPTION Mostra todas as entradas na lista de excepções de palavras impróprias.


Os Scans do SpamServ


O comando mais importante para proprietários ou administradores de um canal é o set, que permite configurar e alterar os scans do SpamServ.

Os scans e respectivas configurações:

SpamScan:      Pune utilizadores por enviar a mesma mensagem várias vezes.
FloodScan:     Pune utilizadores por fazer flood ao canal com mensagens.
TimeframeScan: Pune utilizadores por enviar demasiadas mensagens num certo intervalo de tempo.
JoinFloodScan: Pune utilizadores por fazer flood ao canal com saídas e entradas no mesmo.
ChanFloodScan: Pune utilizadores por fazer flood ao canal (botnets e afins).
BadwordScan:   Pune utilizadores por escrever palavras impróprias no canal.
NoticeScan:    Pune utilizadores por enviar notices ao canal.
CapsScan:      Pune utilizadores por usar demasiadas letras maiúsculas nas mensagens.
DigitScan:     Pune utilizadores por usar demasiados dígitos nas mensagens.


Todos os scans podem ser activados/desactivados/configurados separadamente.
Para activar ou desactivar um scan, usa-se /msg SpamServ SET <#canal> <scan> <on/off>.
Para ver todas as configurações de determinado scan, usa-se /msg SpamServ SET <#canal> <scan>.
Para alterar uma configuração de um scan, usa-se /msg SpamServ SET <#canal> <scan> <configuração> <valor>.


Cada scan pode ser configurado para reagir de diferentes maneiras, por exemplo, fazer spam pode não ser tão severamente punido como escrever uma palavra imprópria; fazer joinflood pode ser punido mais severamente do que usar notices; etc.

O comando necessário para tal:

  • /msg SpamServ SET <#canal> <scan> reaction [valor]
  • Os valores disponíveis são:
    • 0 - Kick aquando violação. « Expulsão do canal
    • 1 - Kickban aquando violação. « Expulsão e ban permanente do canal
    • 2 - Ban temporário aquando violação. « Expulsão e ban temporário do canal
    • 3 - Kill aquando violação (só disponível a Operadores de IRC). « Expulsão da rede
    • 4 - G-Line aquando violação (só disponível a Operadores de IRC). « Expulsão e ban temporário da rede


Todas as reacções que envolvam tempo (bans temporários e G-lines se configurados) podem ser também configurados com intervalos de tempo diferentes. Isto permite fazer um esquema de reacções bastante detalhado para cada acção punível.

  • /msg SpamServ SET <#canal> <scan> duration [valor]
  • Os valores disponíveis são:
    • 0 - Coloca ban temporário/G-Line por 5 minutos.
    • 1 - Coloca ban temporário/G-Line por 15 minutos.
    • 2 - Coloca ban temporário/G-Line por 30 minutos.
    • 3 - Coloca ban temporário/G-Line por 1 hora.
    • 4 - Coloca ban temporário/G-Line por 3 horas.
    • 5 - Coloca ban temporário/G-Line por 6 horas.
    • 6 - Coloca ban temporário/G-Line por 12 horas.
    • 7 - Coloca ban temporário/G-Line por 1 dia.
    • 8 - Coloca ban temporário/G-Line por 1 semana.



Tendo configurado já as reacções e possíveis durações para estas, é tempo de dar uma olhadela a cada tipo de scan.

SET SPAMSCAN


O primeiro dos scans disponíveis é o SpamScan, que procura pela colocação repetitiva da mesma mensagem no canal.

  • /msg SpamServ SET <#canal> spamscan [configuração [valor]]
    • O SpamScan tem diferentes sub-configurações disponíveis, para além das já mencionadas reaction e timeframe:
      • Trigger: Determina quantas mensagens idênticas são consideradas spam.
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que façam spam.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • Warning: Se activado, os utilizadores receberão um aviso antes de serem punidos.
      • SkipColorCodes: Se activado, os utilizadores não conseguirão evadir a punição adicionando cores às mensagens.
      • ScanChanOps: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos operadores do canal (@).
      • ScanVoiced: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos utilizadores com voice (+).


Warning, SkipColorCodes, ScanChanOps e ScanVoiced são configuradas através de binários – portanto será 1 (activado) ou 0 (desactivado). 'Reaction' e 'Duration' já foram explicadas acima e a última configuração -Trigger- permite especificar o número de mensagens repetidas para dar em aviso/punição, como explicado agora:

  • /msg SpamServ SET <#canal> spamscan trigger [valor]
  • Valores disponíveis:
    • 0 - O utilizador será avisado/punido após enviar a mesma mensagem 2 vezes.
    • 1 - O utilizador será avisado/punido após enviar a mesma mensagem 3 vezes.
    • 2 - O utilizador será avisado/punido após enviar a mesma mensagem 4 vezes.
    • 3 - O utilizador será avisado/punido após enviar a mesma mensagem 5 vezes.
    • 4 - O utilizador será avisado/punido após enviar a mesma mensagem 6 vezes.



Pequeno tutorial sobre a configuração do scan


Usaremos este scan - SpamScan - como exemplo de explicação da forma de configurar o SpamServ.
Imagina que pretendes configurar o SpamScan no teu canal #Spam para reagir com um aviso na 3ª colocação da mesma mensagem e com um ban temporário de 15 minutos após o aviso.

Antes de mais temos de activar o SpamScan (já está activo por defeito, mas pronto) com

  • /msg SpamServ set #Spam spamscan 1


O próximo passo é configurar a reacção (ban temporário) e a duração da mesma (15 minutos):

  • /msg SpamServ set #Spam spamscan reaction 2

and

  • /msg SpamServ set #Spam spamscan duration 1


O último passo será configurar o 'trigger', e aqui queremos que o SpamServ avise na terceira mensagem idêntica colocada, por isso temos que activar o 'warning' e colocar o 'trigger' para assim existir um aviso APÓS enviar a mesma mensagem 3 vezes (= aviso após 3ª e punição após 4ª).

  • /msg SpamServ set #Spam spamscan warning 1

and

  • /msg SpamServ set #Spam spamscan trigger 1


Relembra: spamscan e warning usam valores binários, portanto 1/0 representa activo/não-activo – por outro lado, as outras configurações, 0/1 representa um valor específico. Receberás uma resposta do SpamServ com uma explicação ao executares os comandos, para teres a certeza do que estás a fazer.

Com o primeiro dos scans disponíveis já explicado, passamos aos restantes. Não esquecer activar os scans pretendidos antes de os configurar, pois senão serão inúteis.

SET FLOODSCAN


  • /msg SpamServ SET <#canal> floodscan [configuração [valor]]
    • Quando activo, o SpamServ verifica se alguém tentar fazer flood ao canal.
    • Colocar bastantes mensagens num curto espaço de tempo é considerado 'flood'.
    • As sub-configurações disponíveis são:
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que façam flood.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • Warning: Se activado, os utilizadores receberão um aviso antes de serem punidos.
      • ScanChanOps: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos operadores do canal (@).
      • ScanVoiced: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos utilizadores com voice (+).


SET TIMEFRAMESCAN


  • /msg SpamServ SET <#canal> timeframescan [configuração [valor]]'
    • Quando activo, não será permitido aos utilizadores enviar mais que determinado número de mensagens num certo intervalo de tempo.
    • As sub-configurações disponíveis são:
      • Message: Determina quantas mensagens um utilizador poderá enviar.
      • Timeframe: Determina o intervalo de tempo.
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que façam flood.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • ScanChanOps: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos operadores do canal (@).
      • ScanVoiced: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos utilizadores com voice (+).


O TimeFrameScan requer (ou melhor, permite) alguma especificação, para determinar o número de mensagens e o intervalo de tempo em que estas poderão ser escritas.

SET TIMEFRAMESCAN MESSAGE


  • /msg SpamServ SET <#canal> timeframescan message [valor]
  • Valores disponíveis:
    • 0 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 1 mensagem no intervalo de tempo configurado.
    • 1 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 2 mensagens no intervalo de tempo configurado.
    • 2 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 3 mensagens no intervalo de tempo configurado.
    • 3 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 4 mensagens no intervalo de tempo configurado.
    • 4 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 5 mensagens no intervalo de tempo configurado.
    • 5 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 6 mensagens no intervalo de tempo configurado.
    • 6 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 7 mensagens no intervalo de tempo configurado.
    • 7 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 8 mensagens no intervalo de tempo configurado.
    • 8 - Utilizadores serão punidos após enviar mais de 9 mensagens no intervalo de tempo configurado.


SET TIMEFRAMESCAN TIMEFRAME


  • /msg SpamServ SET <#canal> timeframescan timeframe [valor]
  • Valores disponíveis:
    • 0 - Só permite o número especificado de mensagens em 15 segundos.
    • 1 - Só permite o número especificado de mensagens em 30 segundos.
    • 2 - Só permite o número especificado de mensagens em 45 segundos.
    • 3 - Só permite o número especificado de mensagens em 60 segundos.
    • 4 - Só permite o número especificado de mensagens em 90 segundos.
    • 5 - Só permite o número especificado de mensagens em 2 minutos.
    • 6 - Só permite o número especificado de mensagens em 3 minutos.
    • 7 - Só permite o número especificado de mensagens em 4 minutos.
    • 8 - Só permite o número especificado de mensagens em 5 minutos.
    • 9 - Só permite o número especificado de mensagens em 10 minutos.
    • 10 - Only allow the given number of messages in 15 minutes.


SET JOINFLOODSCAN


  • /msg SpamServ SET <#canal> joinfloodscan [configuração [valor]]
    • Quando activo, o SpamServ verifica se utilizadores saem e entram do/no várias vezes num curto espaço de tempo.
    • As sub-configurações disponíveis são:
      • Trigger: Determina quantas entradas no canal serão consideradas como flood.
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que façam joinflooding.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • Warning: Se activado, os utilizadores receberão um aviso antes de serem punidos.


JoinFloodScan permite uma especificação do número de entradas no canal num curto período de tempo:

SET JOINFLOODSCAN TRIGGER


  • /msg SpamServ SET <#canal> joinfloodscan trigger [valor]
  • Valores disponíveis:
    • 0 - O utilizador será avisado/punido após entrar e sair duas vezes.
    • 1 - O utilizador será avisado/punido após entrar e sair 3 vezes.
    • 2 - O utilizador será avisado/punido após entrar e sair 4 vezes.
    • 3 - O utilizador será avisado/punido após entrar e sair 5 vezes.


SET CHANFLOODSCAN


  • /msg SpamServ SET <#canal> chanfloodscan [configuração [valor]]
    • Quando activo, o SpamServ irá verificar se o canal está a ser atacado por várias pessoas (como por exemplo um botnet).
    • As sub-configurações disponíveis são:
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que façam chanflooding.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • ScanText: Se activado, todas as mensagens serão tidas em conta para possíveis ataques.
      • ScanJoins: Se activado, todas as entradas e saídas no canal serão tidas em conta para possíveis ataques.
      • ScanNickChanges: Se activado, todas as alterações de nick serão tidas em conta para possíveis ataques.
      • SkipColorCodes: Se activado, os utilizadores não conseguirão evadir a punição adicionando cores às mensagens.
      • ScanChanOps: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos operadores do canal (@).
      • ScanVoiced: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos utilizadores com voice (+).


SET BADWORDSCAN


  • /msg SpamServ SET <#canal> badwordscan [configuração [valor]]
    • Quando activo, o SpamServ irá verificar por palavras impróprias nas mensagens do canal.
    • As sub-configurações disponíveis são:
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que utilizem palavras impróprias.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • SkipColorCodes: Se activado, os utilizadores não conseguirão evadir a punição adicionando cores às mensagens.
      • ScanChanOps: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos operadores do canal (@).
      • ScanVoiced: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos utilizadores com voice (+).


O BadwordScan é uma das configurações mais difíceis existente no SpamServ e portanto será explicado com maior detalhe no final deste artigo.

SET NOTICESCAN


  • /msg SpamServ SET <#canal> noticescan [configuração [valor]]
    • Quando activo, o SpamServ verificará por notices enviados ao canal. Portanto, activando este scan, não será permitido enviar notices ao canal.
    • As sub-configurações disponíveis são:
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que utilizem notices.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • ScanChanOps: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos operadores do canal (@).
      • ScanVoiced: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos utilizadores com voice (+).


SET CAPSSCAN


  • /msg SpamServ SET <#canal> capsscan [configuração [valor]]
    • Quando activo, o SpamServ punirá utilizadores que usarem demasiadas letras maiúsculas nas suas mensagens.
    • As sub-configurações disponíveis são:
      • Percent: Determina a percentagem de letras maiúsculas que uma mensagem poderá ter.
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que utilizem demasiadas letras maiúsculas.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • ScanChanOps: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos operadores do canal (@).
      • ScanVoiced: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos utilizadores com voice (+).


Com este tipo de scan, é possível punir a utilização excessiva de letras capitais (maiúsculas) numa mensagem. Normalmente, grandes percentagens de letras maiúsculas não são usadas em texto simples. Ainda assim, ter o CapsLock activado por engano pode resultar numa reacção (kick/ban/kill..) do SpamServ.

SET CAPSSCAN PERCENT


  • /msg SpamServ SET <#canal> capsscan percent [valor]
    • 0 - Tolera 10 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.
    • 1 - Tolera 20 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.
    • 2 - Tolera 30 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.
    • 3 - Tolera 40 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.
    • 4 - Tolera 50 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.
    • 5 - Tolera 60 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.
    • 6 - Tolera 70 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.
    • 7 - Tolera 80 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.
    • 8 - Tolera 90 porcento de letras maiúsculas numa mensagem.


SET DIGITSCAN


  • /msg SpamServ SET <#canal> digitscan [configuração [valor]]
    • Quando activo, o SpamServ punirá utilizadores que usarem demasiados dígitos (números) nas suas mensagens.
    • As sub-configurações disponíveis são:
      • Percent: Determina a percentagem de dígitos que uma mensagem poderá ter.
      • Reaction: Determina a punição a dar aos utilizadores que utilizem demasiadas letras maiúsculas.
      • Duration: Se 'Reaction' estiver configurada para 'ban temporário' ou 'G-Line', será usada a respectiva duração. De outro modo, esta configuração será ignorada.
      • ScanChanOps: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos operadores do canal (@).
      • ScanVoiced: Se activado, o scan verificará também as mensagens dos utilizadores com voice (+).


Similar ao CapsScan, com este tipo de scan pode-se determinar a percentagem permitida de dígitos (= números) em mensagens enviadas ao canal. Ter atenção que, como pequenas percentagens são facilmente atingidas (por exemplo, colocando estatísticas de algo ou outro conteúdo com números de um jogo ou site), deve-se dar maior margem aos utilizadores do canal.

SET DIGITSCAN PERCENT


  • /msg SpamServ SET <#canal> digitscan percent [valor]
    • 0 - Tolera 10 porcento de dígitos numa mensagem.
    • 1 - Tolera 20 porcento de dígitos numa mensagem.
    • 2 - Tolera 30 porcento de dígitos numa mensagem.
    • 3 - Tolera 40 porcento de dígitos numa mensagem.
    • 4 - Tolera 50 porcento de dígitos numa mensagem.
    • 5 - Tolera 60 porcento de dígitos numa mensagem.
    • 6 - Tolera 70 porcento de dígitos numa mensagem.
    • 7 - Tolera 80 porcento de dígitos numa mensagem.
    • 8 - Tolera 90 porcento de dígitos numa mensagem.



Como usar o BadwordScan


BadwordScan é o scan que pune a colocação de texto específico no canal. Isso pode resultar em punições erradas, se as palavras impróprias não forem escolhidas cuidadosamente ou colocadas abrangindo grande número de palavras pelo uso de wildcards.

Por essa mesma razão o BadwordScan está desactivado por defeito e então pode ser activado com

  • /msg SpamServ SET <#canal> badwordscan 1


Para adicionar ou apagar palavras impróprias e possíveis excepções para estas, algumas configurações precisam de ser feitas.

ADDBADWORD


  • /msg SpamServ ADDBADWORD <#canal> <palavra-imprópria> [razão]


Adiciona uma palavra imprópria ao canal.
Optativamente, é possível adicionar uma razão, que será mostrada ao punir o utilizador.

  • Exemplos:
    • /msg SpamServ ADDBADWORD #channel *badword* - O SpamServ irá punir alguém que escreva 'badword'
    • /msg SpamServ ADDBADWORD #channel *não?prestas* - O SpamServ irá punir alguém que escreva 'não prestas'
    • /msg SpamServ ADDBADWORD #channel *não*prestas* - O SpamServ irá punir alguém que escreva 'não és nem inteligente nem prestas'


O asterisco (*) funciona como wildcard, ou seja, em vez de qualquer número de caracteres; o ponto de interrogação (?) substitui um só qualquer caracter.
Certifica-te que as palavras impróprias estão sempre rodeadas por dois asteriscos, para terem efeito em qualquer texto.
Para não permitir anúncios a outros canais, pode-se adicionar como palavra imprópria *#?*.

DELBADWORD


  • /msg SpamServ DELBADWORD <#canal> <palavra-imprópria>


Apaga a palavra imprópria do canal. Todas as excepções a essa mesma palavra imprópria também serão apagadas.

LISTBADWORD


  • /msg SpamServ LISTBADWORD <#canal>


Mostra todas as palavras impróprias desse canal.

ADDEXCEPTION


  • /msg SpamServ ADDEXCEPTION <#canal> <palavra-imprópria> <excepção>


Adiciona uma excepção a uma palavra imprópria.
Ao fazer scan por palavras impróprias, o SpamServ verifica se existe alguma excepção que se aplica ao encontrar uma. Se isso acontecer, o utilizador não será punido.

  • Exemplos:
    • A palavra imprópria é *www.* e a excepção *onlinegamesnet*; utilizadores poderão escrever www.onlinegamesnet.net mas não www.google.com.
    • A palavra imprópria é *#?* e as excepções *onlinegamesnet* e *support*; utilizadores poderão escrever #onlinegamesnet e #support mas não outros canais como #help.

Certifica-te que as excepções estão sempre rodeadas por dois asteriscos, para terem efeito em qualquer texto.

DELEXCEPTION


  • /msg SpamServ DELEXCEPTION <#canal> <palavra-imprópria> <excepção>


Apaga uma excepção existente a uma palavra imprópria.

LISTEXCEPTION


  • /msg SpamServ LISTEXCEPTION <#canal> <palavra-imprópria>


Mostra todas as excepções da palavra imprópria especificada.